Política

Eduardo Bolsonaro reassume liderança do PSL na Câmara


Deputado voltou ao posto depois de a Justiça suspender punição que o partido havia imposto a ele
Depois de a Justiça suspender, via liminar, as punições aplicadas pelo PSL a 14 parlamentares, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP) retornou à liderança da sigla na Câmara dos Deputados. Suspenso do partido, ele havia sido substituído por Joice Hasselman (SP).

Com a liminar, contudo, deputados ligados ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retomaram seus direitos como membros da bancada do PSL e se movimentaram para reconquistar a liderança, com uma lista de assinaturas com 28 nomes. A substituição já consta no site da Câmara, após conferência da Secretaria Geral da Mesa.

Este é mais um episódio do embate entre bolsonaristas e aliados do presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, em uma crise que persiste desde outubro e envolve principalmente o controle das verbas partidárias.

No início do mês, para evitar expulsar a ala bolsonarista – o que permitiria, na prática, que eles fossem para outro partido sem perder o mandato –, a cúpula da sigla decidiu suspendê-los, por períodos que iam de três meses a um ano.


Joice assumiu a liderança na semana passada e já no primeiro compromisso oficial no cargo, um almoço com a bancada, não convidou os colegas bolsonaristas. Caso haja nova decisão derrubando a liminar, ela ainda pode retomar o posto.



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.