crime

Eunápolis / Vídeo – O artista eunapolitano Adriano Aguiar foi morto à tiros no Rosa Neto

Adriano estava no palco, fazendo o que mais gostava
Foto: Arquivo pessoal / redes sociais
O artista eunapolitano Adriano Aguiar, foi covardemente assassinado com vários tiros enquanto fazia um show musical no Point Bom Gosto, uma conhecido bar localizado no bairro Alegria (Rosa Neto), em Eunápolis, no extremo sul baiano.

Adriano Aguiar era cantor, tecladista, operador de Studio musical onde fazia gravações para vários artistas regionais. Durante o dia ele era motorista de uma empresa de ônibus coletivo e a noite, ganhava a vida fazendo shows em bares e clubes noturnos.


Por volta da meia noite desta sexta-feira, 27-02-2020, Adriano se apresentava num show, onde tudo ia bem, com pessoas se divertindo e dançando.

De repente chegaram dois indivíduos a pés. Um ficou do lado de fora e o outro entrou, parou de frente ao artista, sacou a arma e fez vários disparos de pistola ponto-40. Girou sobre si mesmo, com a arma em punho foi até a porta do bar, voltou e fez outros disparos contra a vítima, que morreu no local, atingida em várias partes do corpo, inclusive no pescoço e cabeça. Populares disseram que foram disparados cerca de 20 tiros.

Nesse exato momento, por coincidência, chegava uma viatura da polícia. Os assassinos se infiltraram no meio da multidão e saíram andando a pé. A polícia foi avisada, saiu em busca dos assassinos, mas eles já tinham dado o pinote.

Adriano Aguiar era uma pessoa querida, jovial e cheia de vida. Era muito querido entre os músicos e artistas locais. Adriano começou a vida artística tocando para o tio, o cantor Carlos Aguiar e depois tocou com vários artistas locais, inclusive foi parceiro musical do cantor Júnior Santos. Em determinado momento, resolveu seguir carreira solo e estava indo bem.

Nenhum dos presentes confirmou a identidade dos assassinos. Adriano era uma pessoa do bem e dificilmente teria envolvimento com coisas erradas. Terá sido um crime passional? Perguntas que a polícia com certeza nos dará as respostas após as investigações.

Esse é um momento para reflexão sobre tudo na vida. É um momento de repensarmos sobre o valor da vida. A violência continua ceifando vidas, através das mãos de maníacos assassinos que se julgam donos da verdade e invencíveis. É preciso dar um basta. A sociedade exige um basta. As autoridades políticas precisam tomar providências urgentes para evitar que tantas famílias chorem por perdas irreparáveis como essa.  Por Carlos Rheiz.




Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.