Idoso de 121 anos conhecido como “Terror do INSS” vence a dengue em GO





Seu Andrelino, de 121 anos, ficou 5 dias internado, onde equipe relata bom humor e disposição do paciente, que teve alta nesta quarta, 23

 

Goiânia – Homem mais velho de Goiás, o idoso Andrelino Vieira da Silva, que ficou conhecido como o “Terror do INSS“, após viralizar nas redes sociais pelo aniversário de 121 anos, venceu até a dengue. O idoso ficou internado durante cinco dias, mas teve alta médica nesta quarta-feira (23/3), na capital goiana.

 

O idoso ficou hospitalizado no Centro Estadual de Atenção Prolongada e Casa de Apoio Condomínio Solidariedade (Ceap-Sol). De acordo com a coordenadora de enfermagem da unidade, Sara Coelho, ele teve dengue tipo C.

 


“Ele chegou em nossa unidade, no último dia 18 de março, apresentando uma queda brusca nas plaquetas. Hoje, dia 23 de março, felizmente, demos alta ao sr. Andrelino. Durante todos esses dias de internação aqui no Ceap-Sol, ele esbanjou simpatia. Brincava com todos da equipe que entravam em seu quarto e fazia questão de caminhar pela unidade”, disse ela.

 

 

Filho de Andrelino, José Ferreira da Costa, 57, acompanhou o pai durante o período de internação. “Mesmo com a idade avançada que tem, meu pai é um homem muito ativo. Gosta de dançar forró, faz questão de cozinhar sua própria comida. Graças a Deus, ele recebeu alta e poderemos voltar pra casa e à nossa rotina”, celebrou.

 

Bem-vivido

Andrelino nasceu em 1901, na região de Anicuns, interior de Goiás. Ele vive atualmente em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital, onde mora há 40 anos. São sete filhos, sendo cinco vivos, além de 13 netos, 16 bisnetos e um tataraneto.

 

“É um milagre. Acho que o segredo é muita tranquilidade. Nunca vi uma pessoa tão tranquila. A casa pode estar caindo e ele está deitado na rede balançando”, contou ao Metrópoles a nora de Andrelino, a costureira Antônia do Carmo de Sousa Santos, de 59 anos, que vive no mesmo lote do aposentado.

 


Forró e alegria

Andrelino é lúcido e tem apenas dificuldade para escutar, o que está sendo alvo de um tratamento médico. Ele vive em um barracão dentro do lote de um filho e ao lado do lote de uma neta.

 

A nora Antônia relatou que ele mesmo faz sua comida. O almoço, por exemplo, sai todo dia cedo, por volta das 10 horas. Também é o próprio Andrelino que coloca suas roupas na máquina de lavar e ele até ajuda a estender. A costureira ajuda apenas com tarefas que demandam mais esforço, como uma faxina.

 

Além da tranquilidade, Andrelino é conhecido pela imensa animação. O idoso gosta de dançar e tomar cachaça.

 

“Ele é bem animado. Ele ia para os forrós todo o final de semana. Gosta de cachaça. Se vai em festa de família, ele dança até suar a camisa”, contou Antônia.

 

Recentemente, o idoso foi homenageado com uma placa pelo Ministério do Trabalho e da Previdência, onde o ministro Ônyx Lorenzoni diz que Andrelino não é um terror e sim “uma bênção para o INSS“.

 

FONTE: METRÓPOLES


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA, CLICANDO NOS ÍCONES ABAIXO:

Bocão 64

AVISO: Os comentários dos internautas não representam a opinião deste site. Cada internauta é responsável pelo próprio comentário. Seja educado e não ofenda.

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال