Ilhéus: Mário Alexandre se reúne com empresas de ônibus e exige melhoria dos serviços



O prefeito cobrou, em caráter de urgência, melhoria do sistema e do atendimento aos usuários


A Prefeitura de Ilhéus convocou na última quinta-feira (14) reunião com representantes do setor de transporte coletivo para discutir a situação do serviço na cidade. Na oportunidade, o prefeito Mário Alexandre cobrou, em caráter de urgência, melhoria do sistema e do atendimento aos usuários. O encontro também contou com as presenças dos secretários Bento Lima e Gabriel Bittencourt, do diretor-geral da Autarquia de Transporte e Trânsito (Sutram), Valci Serpa, e do procurador-geral do Município, Jefferson Domingues.

 

“Eu sei que é um problema nacional, mas o cidadão não pode ser prejudicado. A Prefeitura tem se empenhado ao máximo para mitigar as dificuldades. Mas essa parceria tem que ser de mão dupla, ou seja, a outra parte também precisa atender as necessidades do nosso povo. Eu exigi 100% do funcionamento da frota, o projeto da zona rural aos domingos e feriados e uma resposta imediata às demandas apresentadas”, ressaltou Mário Alexandre.

 


O gestor pontuou que as viações São Miguel e Viametro, concessionárias do transporte urbano, devem realizar adequações para que o sistema não se torne inoperante na cidade. “Notificaremos as empresas judicialmente de modo que busquem alternativas, cumpram as exigências e apresentem soluções. Vamos aguardar e acompanhar de perto. Chegamos ao limite da paciência e não vou admitir a continuidade do serviço da forma como se encontra. Trabalhamos para oferecer um transporte público de qualidade e para que o nosso povo seja sempre muito bem atendido”.

 

Dentre as propostas apresentadas pelo Executivo está a ampliação das linhas, especialmente aos finais de semana e em horários de pico para evitar superlotação. “Agradeço à Câmara de Vereadores, que tem solicitado, entendido e apoiado a gestão municipal frente a esse problema crônico. Estamos buscando alternativas para atender os locais mais distantes e toda a comunidade estudantil. O transporte ajuda a evoluir a educação, o comércio, gera emprego, renda e desenvolve a economia da nossa cidade”, finalizou o prefeito.

 

Com a pandemia, o setor foi diretamente prejudicado. Os municípios tiveram que adotar medidas para combater a transmissão da Covid-19 e ao mesmo tempo evitar a sobrecarga dos serviços públicos de saúde, ocasionando a interrupção/suspensão do transporte coletivo em todo o país durante o período de vigência das restrições.

 

...por Sucom/Ilhéus


Bocão 64

AVISO: Os comentários dos internautas não representam a opinião deste site. Cada internauta é responsável pelo próprio comentário. Seja educado e não ofenda.

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال