Aleatórias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Quando a arrogância atropela, sai ferida



Algumas pessoas são naturalmente felizes, vivem a vida com o olhar da tranquilidade, lutando no dia-a-dia em busca de seus objetivos, mas livres de sentimentos ruins como o ódio, a inveja, etc. Infelizmente essas pessoas são raras.

Infelizes são os gananciosos, arrogantes, rancoristas, que querem vencer a qualquer preço, muitas vezes usando o próximo como escada e com falsas promessas. Quando alcançam seus objetivos, olham para as pessoas como se estas fossem meros fantoches ou um inseto qualquer, com aquela vontade de pisar e esmagar.

Acredito que muitas vezes, o poderoso Deus chega a dar uma ou várias chances para pessoas assim, esperando que a partir daquele momento façam por merecer, mudando o comportamento, abrandando os próprios corações, para serem vistos como cristãos verdadeiros e terem merecido a chance obtida.

O mundo está um caos e a maldade insiste em prevalecer. Parece até que o "coisa ruim" habita a mente de pessoas maléficas, que se escondem atrás de fachadas de bons moços, mas que na verdade apenas destilam ódio.

Foto: Sam Williams / Pixabay

Quando o veneno é muito, uma força maior parece perceber e afasta as pessoas normais ou boas do perigo da contaminação e o arrogante, rancorista e infeliz ganancioso poderá dar com os burros n’água. As suas conquistas escorrerão das suas mãos como areia ao vento.

No desespero pelo retorno ao podium da vida, ao status de todo poderoso, suas ações serão sempre desastrosas, como tiros no pé.

Quando cair na real estará sozinho e viverá o resto dos seus dias atormentado pelas lembranças infernais das maldades cometidas. O inferno o aguardará.  

Por Carlos Rheiz

Imagem: Freepik

Imagem da capa: Freepik

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Puts... que texto magnífico. Chega arrepiar, o inferno o aguardara...

    ResponderExcluir
  2. Esperamos que haja muita vaga no Sheol, pra receber estes seres das trevas.

    ResponderExcluir