BAHIA - MULHER É ENTERRADA VIVA E CORPO É ACHADO REVIRADO DENTRO DE CAIXÃO

VIZINHOS DO CEMITÉRIO OUVIRAM GRITOS  
Rosângela Almeida dos Santos, 37 anos ficou enterrada por mais de dez dias, na cidade de Riachão das Neves, oeste da Bahia. A família acredita que ela tenha sido sepultada ainda com vida, após erro médico.

Vizinhos do cemitério ouviram gritos e gemidos e avisaram à família, que foi até o túmulo e ouviu ela se debatendo, dois gemidos e depois o silêncio sepulcral. O túmulo então foi violado e foi notado que a mulher ainda estava quente, com o corpo revirado. Observando melhor, ela tinha ferimentos dos dedos e na testa, provavelmente por tentar sair daquele pesadelo. Os pregos do caixão estavam meio soltos. Provavelmente ela morreu de verdade naquele momento.

Rosângela esteve internada no Hospital do Oeste, em Barreiras e teve a morte atestada no dia 28 de janeiro. O túmulo foi aberto na última sexta-feira, 9/02.

A certidão de óbito aponta um quadro de choque séptico como causa do falecimento. A situação está sob investigação da Polícia Civil de Riachão das Neves.
Rosângela dos Santos, 37, tinha desmaios desde os 7 anos; família desconfia que ela estava em estado de catalepsia. Essa é uma anomalia  que assusta bastante. 

Catalepsia patológica é um distúrbio neurológico em que a pessoa permanece com os músculos enrijecidos como uma estátua, podendo inclusive ser confundida com um cadáver, devido a semelhança com o rigor mortis.

Em nota, a assessoria do Hospital do Oeste informou que está à disposição dos familiares da vítima e autoridades para prestar todas as informações necessárias.






Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.