17 de agosto de 2013

O CORNO DO ANO

Um comentário :
BAR NA ZONA OESTE DO RECIFE REALIZA ELEIÇÃO DO 'CORNO DO ANO'

Competição existe há 27 anos e é uma grande brincadeira de amigos.
Ganhador deste ano diz que vai "trabalhar muito" como corno presidente.

Vencedor da 27ª eleição do Corno do Ano, Paulo Malaquias (Foto: Priscila Miranda / G1)

Uma eleição onde vale comprar eleitor com cerveja, votar mais de uma vez no candidato da preferência e parar a apuração na metade só porque alguém já levou mais votos. É assim que funciona a escolha do "Corno do Ano", competição que acontece há 27 anos no bar Confraria dos Chifrudos, no Mercado da Madalena, Zona Oeste do Recife. Uma grande brincadeira para homenagear os homens que "levam gaia", expressão nordestina que significa ser traído. O vencedor da edição deste ano, realizada neste sábado (17), foi o aposentado Paulo Malaquias, que competiu pela primeira vez.

O bar fica cheio durante as eleições
O dono do bar, o comerciante Fernando Correia, explica que o evento surgiu quase que paralelamente à escolha do nome do local, Confraria dos Chifrudos. "Antes aqui era conhecido como 'Tradicional Rabada do Fernando', e eu decidi mudar o nome por causa dessa brincadeira, há 27 anos", relembrou o proprietário. Segundo ele, um grupo de agentes da Polícia Federal costumava frequentar bastante o bar, e os policiais solteiros brincavam com os casados dizendo que, enquanto eles trabalhavam, as mulheres deles traíam. "É uma grande brincadeira", afirmou. Um cartaz em frente ao bar sinaliza as regras de participação, entre elas a de que homens traídos de fato são proibidos de participar. "Não pode ser de verdade. A gente faz uma espécie de triagem pra saber", explicou Fred Oliveira, secretário de Relações Institucionais da Prefeitura do Recife e um dos fundadores do Corno do Ano.

Eleitor votando no "Corno do Ano"


Os frequentadores da Confraria dos Chifrudos se reuniram na manhã deste sábado (17) para realizar a eleição e comemorar o resultado. Com quatro chapas, formadas pelos candidatos a presidente e vice-presidente dos cornos, a votação vai sendo feita aos poucos, com o "eleitor" depositando o voto na urna de papel e em seguida balançando o sino da "gaia" para sinalizar que votou. "Se um dia ele for eleito, eu faço jus ao título dele", brincou Ina Quidute, a esposa do "eleitor" Jorge Quidute. Para ela, o marido deve só ficar na votação. "Ele é praticamente sócio do bar, se ele não vier não tem eleição", afirmou.

Integrante da Chapa 2, intitulada "Sabe Tudo", Paulo Malaquias virou o presidente dos cornos 2013 junto com Fábio Denilson, o vice. "Eu estou feliz e agradecido ao cornos eleitores que votaram e mim e me elegeram", disse ele. Casado há 22 anos com Glória Malaquias, o corno eleito afirma que vai "trabalhar" muito como presidente da categoria. "A primeira meta é fazer um documento obrigando os donos de bar a abaixar o preço da cerveja e do whisky. Estão tão caros que a gente não consegue nem esquecer a gaia", brincou. A mulher também entra na comemoração. "Já que ele assumiu, não adianta esconder", contou Glória. Ainda na folia de comemorar o título recém-conquistado, Paulo usou o "cornecular", uma telefone celular acoplado a um chifre de boi. "É para comunicar a vitória", disse.


UMA BRINCADEIRA DESCONTRAIDA QUE DEVERIA SER COPIADA EM NOSSA CIDADE


QUEM SE HABILITA ?

Fonte:
http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2013/08/bar-na-zona-norte-do-recife-realiza-eleicao-do-corno-do-ano.html

Um comentário :