Eunápolis

Eunápolis Vídeos – População de Mundo Novo pede socorro

Importantes trechos de ruas intransitáveis, obras inacabadas da Embasa e caixas-d’água prestes a desabar
Pela segunda vez, moradores do distrito de Mundo Novo, no município de Eunápolis, no extremo sul da Bahia, solicitaram à nossa equipe, uma visita ao distrito, para mostrar uma situação alarmante, no que diz respeito à água e à uma certa e importante ladeira, quase intransitável em dias comuns e intransitável sob qualquer chuva.

Mundo Novo vem sofrendo há anos com um problema crítico que envolve saúde pública. Trata-se da água fornecida à população para uso doméstico. As fontes naturais de água, como o pequeno rio que corta a região, estão muito poluídas com os detritos jogados ou que caem naturalmente pelos efeitos das intempéries, sem contar que o lençol freático pode estar contaminado pela milhares de fossas que existem há anos nas casas.



Instalações abandonadas da Embasa:


Segundo informações de moradores, a Embasa começou construir uma estrutura que teria água tratada para a população e não precisaria de motores para impulsionar o fornecimento, já que está construída no ponto mais alto do vilarejo. O sonho dos moradores foi estranhamente destruído com o abandono das obras praticamente prontas. A pequena estrutura está abandonada há meses. De quem é a responsabilidade da obra? Embasa (empresa estadual) ou prefeitura?
O vídeo abre com 2 cliques:

Caixas-d’água:
A situação se complica mais ainda, quando se fala da qualidade da água atualmente fornecida à população. As caixas d’água estão com as tampas danificadas, como já mostramos em outra matéria (CLIQUE AQUI PARA CONFERIR).

Animais andam dentro delas fazendo suas necessidades, às vezes caem, morrem afogados e só são notados vários dias depois. A água apresenta sempre uma coloração marrom que os moradores chama de “ferrugem”, mas que é simplesmente o decantamento de partículas de poeira ou areia levadas pelos ventos. O risco para a saúde pública é constante.
PUBLICIDADE:

As bases das caixas d’água, construídas há décadas, de tijolos, sem estrutura de concreto, estão seriamente comprometidas, com rachaduras que chegam a caber uma mão inteira dentro e com uma visível inclinação direcionada para a descida da ladeira. O peso da água deve fazer uma grande pressão sobre as estruturas que podem desmoronar a qualquer momento e causar uma tragédia, já que está construída no terreno de uma casa residencial humilde e, ladeira abaixo, existem centenas de residências e crianças brincando na rua. Uma calamidade.

Moradores do local improvisam mangueiras em que saem das caixas até suas casas. Essas mangueiras de pouca qualidade e com emendas mal feitas, fazem com que a água sofra contaminações diversas.
O vídeo abre com 2 cliques:


Ladeira do Cemitério:

Outra reclamação dos moradores é sobre a famosa e íngreme Ladeira do Cemitério. Em dias normais de chuva, já é difícil o tráfego de veículos. Sob qualquer chuva, a ladeira fica intransitável. Cheia de buracos, para subir ou descer, é um risco constante de acidentes. O trecho deve ter no máximo uns 300 metros, mas os efeitos provocados pelo abandono são devastadores. Em épocas de chuvas, as águas levam muita lama ladeira abaixo, que invade casas e sujam as ruas. Nossa reportagem fotografou um monte de terra na praça, recolhida pelos moradores. O pequeno trecho da rua precisa de calçamento urgente.
O vídeo abre com 2 cliques:


Rua da Bomba:

Outro grande problema é a Rua da Bomba que está em colapso total. A rua “tenta” se alinhar ao pé de um morro. Em épocas de chuva, as águas descem forte, provocando instabilidade no local e causando problemas principalmente para quem mora na parte baixa. Moradores sem boas condições financeiras não tem como proteger suas humildes residências. O lamaçal formado no local impede o tráfego de qualquer veículo. Nem animais conseguem de locomover com segurança.
O vídeo abre com 2 cliques:



Pedido de socorro:
Diante de tantas coisas, os moradores pedem socorro a quem for de direito. Governo municipal ou estadual, precisa cuidar do seu povo. As reclamações são tantas que chegam a emocionar. O que nossa equipe viu foi um povo sofrido que implora só um pouquinho de atenção do poder público.

O Bocão 64 é um site que não faz politicagem. Nós apenas mostramos fatos que naturalmente podem ser contestados em nossa página e para isso o espaço está aberto a quem quiser se pronunciar sobre o assunto.



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.