crime

Um dos assaltantes da casa de empresário eunapolitano morre com mais de 10 tiros


Procurado pela polícia de Eunápolis, “Monge” é morto com mais de 10 tiros de pistola em Itabuna
Por volta das 23:40 da noite de domingo (06), na Rua do Dendê, no bairro Nova Itabuna, Moisés Bandeira dos Santos, 22 anos, conhecido no mundo do crime como “Monge”, foi assassinado com mais de dez tiros de pistola.  Moisés teve sua casa invadida pelos criminosos que fugiram após praticar o crime. 

A companheira de Moisés, Thainara Ferreira Alves, de 18 anos, também foi atingida por dois disparos, no braço e perna. Thainara foi socorrida para o Hospital de Base. Pela casa, a perícia técnica encontrou 18 cápsulas de pistola 9 mm.

Moisés tinha passagem pela polícia na cidade de Eunápolis, respondendo pelo crime 157, assalto à mão armada. O que mais chamou atenção no local do crime foi à comoção da mãe da vítima, quando o Departamento de Polícia Técnica saía com o corpo da casa.

VEJA OUTRAS MATÉRIAS INTERESSANTES NO RODAPÉ

A mãe chegava aos prantos. “Ô Deus meu filho não, levanta meu filho, ô gente, deixa pelo menos eu pegar na mão dele,” lamentava a mãe chorando alto, deixando todos que estavam por perto emocionados.

A mãe - que não teve a oportunidade de pegar na mão do filho pela última vez, porque os moradores no momento a seguravam. Após o corpo de Moisés ser colocado dentro do rabecão, a mulher entrou na casa e passou as mãos no sangue do filho, espalhando pelo seu rosto e corpo. 

A mãe saiu pela rua gritando, chegando a se ajoelhar com os braços para cima, e lamentando a morte do seu filho. Após isso, a mulher desmaiou, sendo socorrida pelos vizinhos. Todos que assistiram àquela cena ficaram chocados. A triste realidade deixou até os Agentes do Departamento de Polícia técnica emocionados. 

Eunápolis:
Na última sexta-feira (04), a polícia identificou os três homens suspeitos de integrar uma quadrilha que assaltou um casa de luxo e manteve uma família refém em Eunápolis (CLIQUE AQUI E VEJA) Jadson dos Santos Rocha, o “Dujal” e  Zeilton de Jesus Cerqueira, apelidado de “Bodana”, que ainda estão foragidos, e o próprio Moisés Bandeira Santos, o “Monge”, assassinado neste domingo.

O quarto e último suspeito de integrar a quadrilha, um adolescente, idade não divulgada, foi apreendido logo após o assalto. A polícia também conseguiu recuperar todos os 73 objetos roubados da casa, como ferramentas, peças de roupa, eletrônicos, além de um carro modelo Land Rover Discovery.

Fonte: Verdinho
PUBLICIDADE:

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DAS MATÉRIAS ABAIXO:


















Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.