crime

Hediondo – Filho estuprou, matou a própria mãe à peixeiradas e depois queimou o corpo


A motivação do crime seria R$ 10 reais que a mãe se recusou a dar pra ele
Paulinho Cabreira, de 19 anos, foi preso na manhã deste sábado, 28/12/2019, por ter estuprado e matado a própria mãe à peixeiradas e depois queimado o corpo da vítima, em Dourados (MS).

O crime aconteceu no dia 23, na casa do namorado da vítima. Após muita bebedeira, a mulher e o namorado dormiram no chão da casa, foi aí que o sacripanta se aproveitou para estuprar a própria mãe. Com o estupro a mãe acordou e ele a matou com peixeiradas na região do tórax e na sequência ateou fogo no corpo da mãe, depois pegou um rádio da vítima e se evadiu do local.

De acordo com as investigações, a motivação do crime foi o fato de Marina Cabreira, de 42 anos, recusar-se a dar R$ 10 para o filho. A polícia informou que o jovem relatou o ocorrido durante depoimento após sua prisão. Durante o interrogatório o jovem mostrou-se preocupado com o destino de R$ 2 mil, valor que a sua mãe teria depositado em uma conta bancária.


No primeiro depoimento, o elemento apontou o namorado da mãe como o autor do crime. Já o homem afirmou que dormiu após ingerir álcool e só acordo quando sentiu cheiro de fumaça.

“Ela estava dormindo, embriagada, quando foi estuprada. Aí, acordou. Para não ser denunciado, Paulinho pegou uma faca e desferiu dois golpes contra ela. Depois, queimou o corpo. Não se descarta a possibilidade de ainda estar viva quando foi queimada”, afirmou o delegado.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DAS MATÉRIAS ABAIXO:



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.