estupro

Absurdo - Mãe flagrou missionário abusando a filha de 4 anos dentro de igreja

O caso aconteceu dentro de uma igreja em Itanhaém. Após ouvir a filha, a mãe chamou a polícia, o elemento foi preso por estupro
Uma mulher levou a filha de 4 anos para uma igreja e após sentir a falta da criança, ela saiu à sua procura. Para a sua surpresa, a criança estava na Sala Primária, onde são ministradas aulas infantis, sendo abusada por um peruano de 31 anos de idade, missionário da Igreja Adventista do Sétimo Dia, em Itanhaém, litoral de São Paulo.

Ao chegar na sala, a mulher viu o missionário de costas. Ao perceber que a porta foi aberta, ele guardou “algo” dentro das calças. A mulher conversou com a filha longe do suspeito e a criança relatou que o elemento botou o “coiso” nas mãos dela e sabe-se lá o que mais. A mulher chamou a polícia. O elemento foi preso em flagrante e acabou confessando o abuso. A Embaixada Peruana no Brasil foi comunicada do ocorrido.

A Igreja Adventista do Sétimo dia escreveu uma nota dizendo que repudia qualquer ato de violência, lamentando o caso e informando que o tinhoso estava abrigado no templo há poucos dias, participando de um projeto no município. A Igreja também ofereceu apoio para a mãe e a vítima.
Informações dos maiores sites brasileiros.




VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DAS MATÉRIAS ABAIXO:



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.