crime

Vídeo mostra momento em que homem é atingido por policial militar no sul da Bahia

O policial alegou que a vítima teria assediado sua mulher “com os olhos”
Um crime que choca, pelo motivo banal, deixa a população atônita com a explicação do suspeito: A vítima teria assediado sua mulher “com os olhos”. O fato aconteceu na cidade de Mucuri, no extremo sul da Bahia.

Darlon era um homem conhecido por ter problemas mentais e aposentado por invalidez. Ele perambulava sem camisa pela calçada. Olhando bem para ele, no vídeo, percebe-se claramente que não é uma pessoa normal. De repente um policial à paisana aparece atravessando a rua e com a mão na cintura aborda a vítima que acaba entrando num restaurante. Houve uma correria, os dois saem do estabelecimento em luta corporal, em seguida um tiro foi disparado e Darlon acabou morrendo no local.

Conforme a Polícia Militar, o suspeito L.S., de 25 anos, foi afastado das atividades no dia do crime.


O caso aconteceu no dia 6 de fevereiro deste ano. Na última segunda-feira (10), o suspeito se apresentou na delegacia e alegou ter atirado na vítima em legítima defesa. Conforme o delegado Samuel Martins Neto, que investiga o caso, ele foi liberado por estar fora de flagrante.

Segundo informações do delegado Samuel Martins Neto, o policial confessou o crime e dizendo que abordou Darlon após a esposa dele reclamar que a vítima a assediou com os olhos. O suspeito também disse que foi atacado pela vítima com uma faca antes de atirar.

O delegado informou que testemunhas vão ser ouvidas nos próximos dias e o inquérito vai ser encaminhado para a Justiça. O caso é investigado na delegacia de Mucuri.

Informações do site Bahia Extremo Sul / Texto: Carlos Rheiz

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DAS MATÉRIAS ABAIXO:



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.